“Semana do Saco Cheio”: Guarapari aguarda mais turistas este ano

A folga prolongada acontece entre os feriados de 12 e 15 de outubro se entendendo até o final de semana seguinte

Em alguns estados do país, como Minas Gerais e São Paulo, é adotada a “Semana do Saco Cheio”, quando estudantes e professores têm folga prolongada entre os feriados do dia 12 de outubro (Dia de Nossa Senhora da Aparecida e Dia das Crianças) e 15 de outubro (Dia dos Professores) se estendendo até o final de semana seguinte. E como Guarapari é um dos destinos mais procurados entre os mineiros, setores da cidade já notam um aumento de turistas com relação a 2018.

“Estamos com 100% de ocupação, que se estende para a semana inteira, e a receita está 15% a mais que o ano passado. A cidade estará lotada”, contou Fernando Otávio, diretor da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Espírito Santo, ABIH-ES.

Michel Gava, vice presidente do Conselho de Turismo de Guarapari, Comtur, e presidente da Associação Guarapari de Imobiliárias, está percebendo um aumento de turistas na cidade desde o início desta semana.  “Sempre tem muita gente por aqui durante a “Semana do Saco Cheio”, e esperamos mesmo um aumento de pessoas com relação ao ano passado. A rodoviária tem estado lotada de pessoas chegando das cidades de Minas Gerais e a promessa é que muitas mais chegarão”.

Os feriados nacionais ajudam a aumentar as vendas em Guarapari. Foto: Reprodução/Folha Online

Para Aguinaldo Ferreira Júnior, superintendente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Guarapari (CDL), a expectativa é de um aumento de 15% nas vendas. “Acreditamos que o grande movimento na cidade começará a partir de amanhã quando um maior fluxo de pessoas deve chegar”, explicou.

De acordo com o representante da CDL, os feriados nacionais são importantíssimos para alavancarem as vendas e suprirem os períodos de pouco movimento.

Fonte: https://www.folhaonline.es/semana-do-saco-cheio-guarapari-aguarda-mais-turistas-este-ano/

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
imprimir
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

O que achou deste artigo?

Leia também