SINDICATO DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL DE GUARAPARI

Iema e Prefeitura de Guarapari desmentem chegada de fragmentos de óleo

A Prefeitura de Guarapari e o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) desmentiram nesta quarta-feira (4) a informação de que os fragmentos de óleo teriam chegado às praias do município.

Segundo o mapa de localidades atingidas do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Guarapari havia sido afetado por uma quantia inferior a 10%. A Prefeitura ressalta que foi um erro de preenchimento do Ibama.

Em nota o Comando Unificado, formado pela Marinha, Ibama, Seama, Iema e Defesa Civil, informa que todas as praias estão limpas e liberadas para banho. “A Seama esclarece que as praias capixabas estão sendo constantemente monitoradas e que servidores municipais dos 14 municípios costeiros do Espírito Santo foram capacitados, com informações técnicas sobre a limpeza das praias, estuários e mangues, e que estão prontos para atuarem, caso seja necessário”, afirma.

De acordo com a Prefeitura, o Comitê Estadual de Monitoramento do Óleo no Espírito Santo faz acompanhamento diário. “Até a presente data, nenhum vestígio de óleo foi encontrado em nossas praias”, ressalta em nota.

“Não procede a informação de que as praias de Guarapari foram atingidas por fragmentos de óleo”, completa.

Fonte: ES Hoje – Acesso: 05/12/19 às 12:05

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
imprimir
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

O que achou deste artigo?

Leia também