SINDICATO DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL DE GUARAPARI

Confiança da indústria cresce 1,1 ponto na prévia de janeiro, diz FGV

A confiança dos empresários da indústria cresceu 1,1 ponto na prévia de janeiro deste ano, na comparação com o resultado consolidado de dezembro do ano passado, segundo dados do Índice de Confiança Empresarial (ICE) divulgado nesta quarta-feira (22) pela Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE). Com isso, o indicador chegou a 100,5 pontos, em uma escala de zero a 200 pontos.

O aumento da confiança foi puxado pelo crescimento das expectativas dos empresários em relação aos próximos meses.

O Índice de Expectativas cresceu 2,4 pontos e atingiu 101,6 pontos, o maior valor desde junho de 2018 (102,3 pontos). O Índice da Situação Atual, que mede a confiança dos empresários no momento presente, recuou 0,3 ponto, para 99,3 pontos. O resultado preliminar de janeiro indica aumento de 0,4 ponto percentual do Nível de Utilização da Capacidade Instalada da Indústria, para 75,5%.

“O ano de 2019 termina com um resultado positivo para a confiança empresarial. A percepção dos empresários sobre a situação atual dos negócios avançou para o maior patamar desde 2014, mas ainda abaixo dos níveis considerados normais. Já as expectativas se mantiveram em 100 pontos, com uma acomodação do Comércio, pós liberação do FGTS, e um forte otimismo da Construção. Os sinais são favoráveis para o ano de 2020, mas a continuidade da recuperação depende da redução da incerteza, que ainda se mantém em nível elevado, para que as empresas voltem a investir”, afirma Viviane Seda Bittencourt, coordenadora das Sondagens da FGV IBRE.

(Com informações da Agência Brasil e G1)

(Foto: Revista Exame)

Fonte: Site CBIC – https://cbic.org.br/en_US/confianca-da-industria-cresce-11-ponto-na-previa-de-janeiro-diz-fgv/

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on print
imprimir
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on print

O que achou deste artigo?

Leia também